Ocupação Criança

Para quem acredita no potencial infantil

4ª Mostra – Mobilização Ocupação Criança

A Mobilização Ocupação Criança é uma iniciativa do Instituto Avisa Lá, juntamente com instituições parceiras, que busca reconhecer e divulgar o trabalho de professores e diretores de escolas públicas e conveniadas, bem como de Secretarias Municipais de Educação, que considere a criança na linha de frente dos espaços educativos, revelando sua capacidade de ler o mundo e de produzir, segundo seu tempo e seu modo próprio, de acordo com a Base Nacional Comum Curricular.


Apresentação


As crianças estão abertas ao mundo e se expressam de diferentes formas, porque sua atividade contém a curiosidade da experimentação dos cientistas, a criatividade dos artistas e o desejo de compreender e interagir com o mundo físico e social.
Mas, qual é o espaço para as manifestações, conhecimentos e poéticas infantis na escola?

A Mobilização Ocupação Criança quer disseminar boas práticas e contagiar profissionais e instituições para tornar, cada vez mais, as escolas espaços da experiência, do conhecimento e da criatividade, dando visibilidade às falas, gestos, escritas, desenhos, pinturas das crianças, entre outras manifestações.

Para que isso aconteça é preciso reconhecer o protagonismo infantil, ou seja, reconhecer a criança como um ator social, com direitos e capacidades, que participa de seu próprio processo de crescimento e desenvolvimento pessoal e social.

Objetivos

  • Reconhecer o trabalho dos professores e diretores das redes públicas e conveniadas de Educação Infantil e primeiros anos do Ensino Fundamental, bem como das Secretarias Municipais de Educação, em todo o país.
  • Dar visibilidade às experiências que valorizam as manifestações infantis e seu modo de ver o mundo.
  • Propagar a adoção de práticas que respeitem os direitos de aprendizagem e desenvolvimento da criança, segundo a BNCC.

Quem pode participar


  • Profissionais da Educação pública e redes conveniadas que valorizam as manifestações infantis.
  • Escolas públicas cujos espaços e atividades são destinados a revelar o jeito singular das crianças de compreender o mundo.
  • Municípios que têm como diretriz incentivar, apoiar e formar seus profissionais de Educação para que valorizem o protagonismo infantil.

OBS: esta Mostra destina-se a valorizar as ações das redes públicas e parceiras (conveniadas) de ensino; não serão aceitas práticas de escolas particulares.

Etapas da Educação

A inscrição poderá ser realizada nas etapas:
  • 0 a 3 anos (creche)
  • 4 e 5 anos (pré-escola)
  • 6 a 10 anos (1º. Ao 5º ano do EF)

Categorias


Gestor
  • Como favorecemos o protagonismo infantil (o olhar da gestão para a criança): planejamentos, projetos e ações de adaptação de espaços ou envolvimento dos profissionais que favoreçam a ação da criança, sua criatividade e a exposição de suas produções, interna e externamente.
  • Projetos de Formação: eventos formativos ou formação continuada que objetivem trabalhar o olhar dos professores para a apreciação e valorização das manifestações infantis em suas mais variadas formas, possibilitando tempos e espaços para as produções livres das crianças.

Professor
  • Expressões estéticas infantis: experiências em diversas formas de expressão e linguagens (artes visuais como pintura, desenho, modelagem, colagem), música, teatro, dança; momentos em que exercitam a autoria, o senso estético e crítico; apropriação e reconfiguração da cultura e interpretação de suas experiências e vivências artísticas.
  • Investigações Infantis: pesquisas sobre o mundo físico e o mundo sociocultural, que envolvem observações, levantamento de hipóteses, consulta a fontes de informações. Um dos indicadores desta categoria é a presença da escrita da criança nos contextos de pesquisa.
  • Papo Cabeça: experiências nas quais as crianças falam e ouvem, participam da cultura oral, tais como: escuta de histórias, participação em roda de conversas, descrições, narrativas elaboradas individualmente ou em grupo, falas nos momentos do jogo simbólico (a voz das crianças)


Seminário / Webinar

O Seminário da Mostra visa valorizar e disseminar as práticas selecionadas, que mostrem “o antes e o depois” de espaços, atividades e rotinas; ações que tiveram um registro bem cuidado e resultados significativos.
As práticas selecionadas farão parte do Banco de Boas Práticas do site Ocupação Criança.


Seleção

A seleção se efetivará em duas etapas:
1ª. Etapa: Preenchimento e envio do Formulário de inscrição virtual - de 07/08 a 30/08/19
2ª. Etapa: Preenchimento da Ficha de autodiagnóstico virtual (para quem for pré-selecionado na 1ª. Etapa) - de 02/09 a 15/09
Resultado da seleção: 23/10/19


Banco Virtual de Boas Práticas

As práticas selecionadas nas Mostras anteriores encontram-se disponíveis neste site. Confira e se inspire!

Atenção!

Somente serão aceitos materiais, relatos e ações formativas que tenham prioritariamente produções, desenhos, escritas e pequenos vídeos com cenas que envolvam diretamente o fazer das crianças. Não serão aceitos: desenhos mimeografados ou xerocados para pintar, flores e outros materiais feitos de EVA e/ou qualquer material elaborado por adultos ou pelo mercado editorial e produtos pedagógicos prontos.

Clique aqui para preencher o formulário de inscrição